O prazo de opção para 2010 foi aberto dia 4 e vai até o dia 29 de janeiro

Mais de 48 mil micro e pequenas empresas já conseguiram entrar no Simples Nacional em 2010. Destas, 32 mil haviam feito agendamento de ingresso no sistema em novembro e dezembro de 2009 e 16.264 solicitaram esta opção já neste mês de janeiro.
Em menos de quatro dias, desde que foi aberto prazo de entrada efetiva no sistema, dia 4 de janeiro, 56.218 empresas pediram para entrar. A previsão do secretário executivo do Comitê Gestor do Simples Nacional, Silas Santiago, é de que até o final do prazo, no próximo dia 29, pelo menos mais de 200 mil solicitem o ingresso nesse regime especial de recolhimento de tributos.
A avaliação de Silas Santiago leva em conta a grande procura que vem sendo registrada logo no início do processo e que, acredita, deverá aumentar progressivamente até o final do prazo de opção. Conforme o secretário, esse número também deverá ser engrossado com as empresas que tentaram e não conseguiram entrar no regime no início de 2009. No ano passado, disse, foram 502.669 pedidos de opção, mas 225.447 não foram atendidos especialmente por causa de débitos tributários.
“É possível que, com o tempo que tiveram para resolver as pendências, essas empresas tentem entrar novamente agora”, disse. Ele alerta para a necessidade de as empresas anteciparem a solução de problemas para que não percam o prazo de 2010. Lembra, por exemplo, que das 56.218 empresas que solicitaram opção pelo Simples Nacional do dia 4 de janeiro até hoje, 16.264 já estão no sistema. Porém as demais estão com pendências, principalmente débitos tributários.
A opção pelo recolhimento de tributos via Simples Nacional ocorre em janeiro de cada ano, exceto para as empresas novas, em início de atividade, cuja opção pode ser feita no momento em que se formalizam. Em vigor desde julho de 2007, o Simples Nacional já conta com mais de 3,4 milhões de empresas.

Fonte: Dilma Tavares - Agência Sebrae de Notícias

Postagens mais visitadas deste blog