São Paulo sedia a 5ª edição do Moto Festival

O maior evento da América Latina, direcionado ao profissional motociclista, começa no dia 25 de Março

Pesquisas do mercado estimam que o setor dos motociclistas profissionais movimente cerca de R$ 1,5 bilhão por ano, somente na cidade de São Paulo. Esse valor corresponde a gastos com combustível, manutenção de motos, compra de equipamentos e acessórios, entre outros serviços. São aproximadamente 700 mil motocicletas circulando pela cidade diariamente, sendo que desses, 350 mil estão a serviço.

O mercado aguarda com ansiedade este evento, principalmente pela retomada das vendas do setor neste último trimestre. Diversas empresas já estão se movimentando e preparando estratégias para fidelizar este consumidor ávido por ofertas, novidades e principalmente conhecer de perto quem são e o que tem por trás destas empresas.

Com a nova regulamentação do setor, os itens de segurança prometem ser o tema principal a ser mostrado pelas empresas tanto para o usuário que acabou de adquirir sua moto como para o público profissional.

Para atrair o público, estão programadas várias atrações e promoções especiais, algumas já tradicionais, como os Concursos da Musa Motoboy e Motoboy Top Model e a 1ª Etapa do Campeonato Brasileiro de Whelling, realizado pela Abrawhelling, com a participação de 300 pilotos radicais. Um leilão de aproximadamente 500 motos nos três primeiros dias, também promete agitar o mercado de 2 rodas.

Também fazem parte da programação, Gincana Melhor entrega em parceria com a CET com premiações, shows acrobáticos, customização de capacetes, tanques e bauletos de motos. No total, serão mais de 20 mil m² destinados ao entretenimento.

Paralelamente ao Moto Festival, estará sendo realizada simultaneamente o 1º URBAN FEST, levando toda a Cultura, Atividades e Moda Urbana para dentro do evento. A realização da 1ª Batalha Nacional de Graffiti, promete transformar o Pavilhão do Centro Imigrantes na maior manifestação urbana já vista na cidade de São Paulo.

A entrada é gratuita, bastando que os visitantes levem 1 kg de arroz ou feijão cujo total arrecadado será revertido para o CDVT (Centro de Defesa das Vítimas de Trânsito), que oferece auxilio as vítimas de acidentes de trânsito da categoria.
O estacionamento para motos é gratuito e coberto.

Serviço:

Moto Festival 2010
http://www.motofestival2010.com.br
De 25/03 a 28/03
Das 13 às 20 horas nos dias 25 e 26 e das 10 às 20hs nos dias 27 e 28.
Centro de Exposições Imigrantes
Rua Miguel Stéfano – altura do nº 3000
Vila Cursino – São Paulo – SP
Estacionamento gratuito para motos.

Por Pedro Pimenta (pimentacom@hotmail.com)

Postagens mais visitadas deste blog

Motoqueiros investem em criatividade para se proteger do Sol